JOGOS

Todos os jogos de baralho do blog são de minha autoria (química, matemática e alfabetização) e alguns jogos de tabuleiro. Os jogos retirados de livro ou da internet possuem a citação dos seus autores logo abaixo da sua exposição. Não se esqueça de citar as fontes ao reproduzir o material do blog. MUITO OBRIGADA POR SUA VISITA!!!! Espero ter sido útil e, se vc puder, volte e conte como foi a reprodução do material com seus alunos. :-D

Esse ano está mais corrido e para facilitar a vida de todo mundo, criei um grupo do face "Bisbilhotarte" para atender aos usuários do blog que desejam os arquivos para impressão.

Basta adicionar o grupo e escolher seu arquivo. Todos os arquivos do blog já foram carregados em PDF e estão disponíveis para download. Facinho, facinho!!!


Bete.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Tabuada em forma de tabela :-D


Sugestão: Após preenchimento da tabela (através de soma repetida e não da memorização dos valores) pinte com cores iguais os valores que se repetem e deixe em branco os valores que não se repetem...Isso vai ajudar os alunos, com o passar dos dias, a entenderem o conceito primário de MDC e MMC. 




 
 


Não se esqueça!!!!

* A conta de "vezes" leva esse nome pq é uma soma q se repete várias "vezes".
Ex.: 3 x 4 nada mais é do que três vezes o quatro, ou seja, o quatro somado três vezes ou o inverso o três somado quatro vezes: 3 + 3 + 3 + 3 ou 4 + 4 + 4;
* Preencha os valores somando. EX.: Se a tabuada é de dois,conte de dois em dois, sempre perguntando para a turma  "e agora? Mais 2?" e sempre começando do zero para que eles entendam que não precisa memorizar números para fzr uma tabuada. A memorização vem com o tempo pelo hábito do uso e não pela obrigação sem sentido;
* Deixe o cartaz na parede para que eles possam se familiarizar com essa ideia aos poucos.



EM BREVE POSTAREI O JOGO DO POLIMINÓ DA TABUADA DE TABELA





Visite nossa página de produtos personalizados e exclusivos

https://www.facebook.com/pg/artedaroberta/photos/?tab=albums


domingo, 9 de junho de 2013

CARTAZ DOS NÚMEROS COM O QUADRO VALOR DE LUGAR

 

1º Momento da aula: 

A ideia é usar cartaz como recurso da aula sobre números. Com o cartaz é possível explorar a ordem decimal, escrita por extenso, Quadro Valor de Lugar com a posição do valor absoluto e valor relativo de cada número e como ocorre a formação e nomeação de cada número.
A "família" do 10 ( do 10 até 19) possui nomenclatura própria e por isso tem destaque no cartaz.
Depois disso, explicar que cada dezena vai formar uma "família" com as unidades principais (que são formados pelos algarismos que não se repetem - números de 0 até 9). Assim, a família do 20 (vinte) recebe o nome do 20 que é representado pelo número 2 na frente (2 porque é a segunda dezena) mais o nome da unidade que o completa.
Exemplo:
número 21 recebe o nome da dezena vinte + um, onde eu substituo o mais pela conjunção   e  resultando no nome:
21 = vinte e um
* É sempre bom lembrar de explicar que o algarismo zero aparece na formação da dezena porque a dezena é um agrupamento e quando eu formo um conjunto de dez (uma dezena) não sobra nenhuma unidade solta, por isso, a dezena é representada com o número zero na casa da unidade: 10, 20, 30, 40 , 50, 60, 70, 80, 90 e 100.

 
* Quando passarmos para a centena o processo é o mesmo. Lembrar de explicar que cada uma centena é formada por um grupo de cem unidades e que por isso as casas da dezena e da unidade são preenchidas pelo algarismo zero, pois não tem nenhuma unidade ou dezena soltas: 100, 200, 300, 400, 500, 600, 700, 800 e 900.

Na hora de escrever o nome do número devemos escrever o nome da centena + o nome da dezena + o nome da unidade simples.

Exemplo:

259 = duzentos + cinquenta + nove = duzentos e cinquenta e nove

A ideia do cartaz é fzr com que o aluno consiga ler e escrever o nome do número a partir do entendimento do agrupamento, por isso não há a escrita de todos os números como no cartaz da postagem anterior.

2º Momento da aula:

Ilustrar a ideia que foi explicada anteriormente com a continuação do cartaz, agora organizada no Quadro Valor de Lugar (QVL).


 
 

       

E por fim, deixar tudo colado na parede como material de apoio para que a turma possa ter contato diário facilitando a assimilação e apropriação desse conteúdo.


Para fechar a aula nada melhor do que entregar para os alunos uma pequena cópia do cartaz com tudo o que foi abordado para que ele tenha acesso ao conteúdo aprendido também em casa.


Visite nossa página de produtos personalizados e exclusivos
https://www.facebook.com/pg/artedaroberta/photos/?tab=albums







terça-feira, 23 de abril de 2013

Alfabetário de sílabas com letra cursiva e Cartaz de Alfabeto de Máquina e Cursivo.

Meus alunos sentem muita dificuldade em relacionar o alfabeto cursivo como a letra de mão e o alfabeto de máquina como o que aparece no computador, jornais e revistas. Pensando em solucionar esse problema fiz um cartaz bem simples...







* É só imprimir e colar uma folha ao lado da outra para a letra de máquina formando uma tira comprida e outra tira para a letra cursiva.

O material em PDF para download está no grupo do bisbilhotarte no facebook, pois o blogger só anexa foto

https://www.facebook.com/groups/798703536846234/
* É só entrar, escolher seus arquivos e baixar. Lá vc encontra esse e TODOS os outros arquivos do blog.

CARTAZ DOS PRINCIPAIS FONEMAS EM LETRA CURSIVA

Minha sugestão é transformar esse cartaz em um banco de palavras para leitura, completando posteriormente em um banco de frases. A ideia é fazer apostilões, onde vamos colar as tabelas com palavras atrás dos respectivos cartazes de fonemas e deixar exposto para que os alunos levantem e venham por vontade própria treinar a leitura de palavras com os fonemas, conforme forem sendo estudados. Meus alunos adoram passear pela sala quando terminam as atividades e pensam que estão atoa...srrsrrsrs......
Para o modelo de apostilões fica melhor colocar o alfabetário em modelo paisagem, pois assim é possível aumentar a fonte e colocar as palavras em tamanho mais adequado à leitura dos alunos.
 



Que tal preparar uma matriz com todo o mural em uma única folhinha para cada aluno ter guardado no caderno????

* Sugestão: Recorte os retângulos de cada família silábica, cole no caderno (uma família embaixo da outra) e peça aos alunos que reescrevam ao lado o nome dos objetos que aparecem nas gravuras.

* A foto do arquivo ficou sem uma boa nitidez, mas no grupo do blog tem o arquivo em PDF perfeito p impressão.

* Dica: Para fzr uma matriz boa para retirar várias cópias vc deve imprimir em escala de cinza com alta qualidade na configura de impressão "melhor". Gasta muito mais tinta, porém é para uma folha só e depois, na escola, sempre tiram as cópias no modo econômico e acaba saindo tudo apagado e estragando o seu trabalho. Se a matriz estiver muito boa, mesmo no modo econômico, a cópia fica nítida!!!!



Visite nossa página de produtos personalizados e exclusivos

https://www.facebook.com/pg/artedaroberta/photos/?tab=albums